segunda-feira, 27 de julho de 2009

Pírula

Opa... calma lá, que tá virando bagunça! Tem gente dando como fato unicamente científico comprovado e resolvido uma questão que ainda nem saiu do campo filosófico. E nem vai sair. O aborto é do processo gestacional ou embriológico? Qual seria a diferença entre os dois, para a mãe e para o feto? Não sei. Só sei que Ciência sozinha ainda não pode ser usada para justificar opinião de ninguém, ao menos por enquanto. Mas não estou vendo ninguém aqui reclamando de milhares de embriões "inutilizados" que, literalmente, vão para o ralo em clínicas de reprodução assistida.

No mais, eu, pessoalmente, sou contra o uso dessa pílula. Mas também não quero discordar de ninguém. Se a Lei permite, não sou eu que tenho prerrogativa pra proibir.

Comentário publicado no Vi o Mundo, no dia 24 de julho de 2009.

Um comentário:

Rê :) disse...

Ai é verdade, literalmente vão para o ralo.
Coisa mais horrivel.